sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

O CAIXÃO



Essa é uma daquelas cartas oraculares que provocam arrepios e um certo olhar de arrependimento no/a Consulente por ter tido a ideia de fazer ou pedir para fazerem uma tiragem (jogo, jogada, como quiserem chamar) para ele/ela.

Ainda que saibamos que existe cremação, nem todas as urnas funerárias que vemos acabamos por associar imediatamente com a morte, porém é difícil não pensarmos em morte à vista de um CAIXÃO, de um sarcófago, de um túmulo. Por mais que saibamos que todos morreremos, não queremos pensar no assunto e, quanto mais tabu o tornamos, quanto mais o evitamos, maior cresce o nosso medo, nossa angústia a respeito desse fato. Então sugiro que olhemos para a carta do CAIXÃO como um aviso de transformação, uma passagem de um estado para outro, de uma situação para outra, de uma condição para outra.

O que o Consulente possivelmente não saiba é que essa carta muito, mas muito raramente pode fazer menção à morte física (nenhuma carta, isoladamente, o faz) e que, na imensa maioria das vezes, ela trata de uma finalização, de um encerramento, uma conclusão, o término de algo. Então, sugiro que olhemos para a carta do CAIXÃO como um aviso de transformação, uma passagem de um estado para outro, de uma situação para outra, de uma condição para outra.
Pode ser o fim de um relacionamento, e pode ser a conclusão de um curso. Pode se referir ao fim de uma obra tipo a construção da sua casa própria, e também pode se referir ao pagamento da última prestação do empréstimo feito para realizar essa mesma obra.
Pode indicar que o prazo de validade de um produto exposto na prateleira do supermercado está vencido ou por vencer, mas também pode estar lembrando que seu prazo para entregar o projeto pelo qual você já recebeu, está acabando.
Pode estar relacionado ao término de um casamento que não faz mais sentido, e também à sensação de missão cumprida ao se aposentar de anos e mais anos de serviços prestados.
Pode se referir àquela coleção de fascículos que você decidiu interromper e nunca completou, e também pode retratar a situação de inadimplência, e até mesmo falência, em que você envolveu para quitar a construção daquela casa própria.

Apesar das fantasias macabras dos filmes de terror mostrarem o contrário, o que está num CAIXÃO não se move, não está à vista, permanece guardado e só é revelado se decidirmos faze-lo. Isso pode, então, indicar que segredos que não podem ou devem ser revelados, assuntos que necessitam permanecer ocultos aos olhos e ouvidos alheios e até mesmo objetos perdidos ou esquecidos podem, também, serem representados por esta carta. Neste caso, as palavras "esquecimento" e "silêncio" assumem grande importância para a melhor compreensão do que ela possa estar simbolizando dentro da leitura.

Doenças, de maneira geral, também estão aqui representadas, e o tempo que permanecemos imobilizados, presos a uma cama, devido a uma cirurgia, a uma doença crônica, a uma fratura, uma virose, uma fratura, um AVC, uma profunda depressão, um tratamento médico qualquer, também podem ser interpretadas em conjunto com a ideia de esconderijo, afastamento do mundo, estagnação, retiro e isolamento que esta lâmina pode representar.

Pessoas transgêneras, que através de tratamento e acompanhamento médico e psicológico vão se transformando fisicamente, ajustando-se ao papel social do gênero corrigido, e adaptando-se à nova vida, inclusive civilmente como a correção do sexo e a colocação do novo nome no Registro de Nascimento, também podem ser incluídas nos diversos significados desta lâmina.

Arqueologistas, escavadores, historiadores (especialmente os dedicados à história antiga), taxidermistas, restauradores, arquivistas, museólogos, fabricantes de cofres, testamenteiros, confessores, médicos legistas, agentes funerários, coveiros, administradores de cemitérios, são exemplos de profissionais que podem ser sinalizados pela presença dessa carta. Mas pessoas a quem não vemos há muito, muito tempo, amigos de infância, de escola, parentes distantes a quem não encontramos há décadas, gente, enfim, que parece ter saído das sombras do passado, também estão representadas pela carta do CAIXÃO.

Assim podemos ver o quão extenso pode ser a coleção de significados possíveis para esta carta. E é na experiência individual de uso da mesma que outras e diferentes possibilidades de interpretação poderão ser acrescentados.

Lembrando sempre que esta postagem, como todas as demais feitas por mim, não pretende ser uma "regra", uma "fórmula" a ser copiada ou aceita, mas, simplesmente, a minha inspiração e conhecimento técnico, no momento  da escrita, ao comentar alguns dos aspectos interpretativos da carta.

Se você também gosta de Tarot, de cartomancia, sinta-se convidado a conhecer minhas páginas nas diversas mídias sociais:

Snapchat: CARTASLENORMAND
Periscope: ALEXTAROLOGO
Snapchat: TAROTEANDO
Facebook: http://FACEBOOK.COM/ALEXTAROLOGO
Blog: http://ALEXTAROLOGO.BLOGSPOT.COM
YouTube: http://YOUTUBE.COM/ALEXTAROLOGO

#alextarologo, #taroteando #tarologo #cartomante #cartomancia #esoterico #esoterismo #exoterico #exoterismo #lenormand #cigana #cigano #baralhocigano #tarocigano #oraculo


Nenhum comentário:

Postar um comentário